quinta-feira, 23 de julho de 2009

(1) LEGALIZAÇÃO DA MACONHA PARA ELIMINAR CRIMINALIDADE


A mesma pessoa que defende a legalização da maconha é, em geral, (i) aquele que usa a droga ou (ii) aquele que quer vender outras drogas na fachada de uma maconha legalizada ou (iii) aquele que tem o dever e não consegue coibir o uso feito por outrem, como o Estado, por exemplo – quando o foco do tema “legalização da maconha” deveria ser (A) a saúde do usuário – fazemos isso tão bem com o cigarro – e (B) o risco social de indiretamente legalizar (fachada) as demais drogas, muito mais perigosas.

2 comentários:

soudeesquerda disse...

Você sabia que a coca era um produto inca que passou a ser usado descontroladamente pelos índios da para suportar o trabalho escravo imposto pelos espanhóis nas minas de Potosí? Irônico que hoje os exploradores é que estejam viciados no que antes era o consolo dos explorados. E que hoje o traficante não seja o explorador, mas o explorado.

Anônimo disse...

O LEITOR SOU DE ESQUERDA não sabe diferenciar Coca de Cocaína.
A COCA é uma planta e os índios mascam a folha, que é útil nas altitudes dos Andes para suportar a diferença de pressão e também torna a fome mais suportável.
A Cocaína é um produto sintético, que usa a folha como base para a produção. Quem masca a folha não está usando cocaína.