quinta-feira, 23 de julho de 2009

(5) PROIBIÇÃO DA VENDA DE ARMAS


A mesma pessoa que defende a proibição da venda de armas é, em geral: (i) aquela que desmoraliza o trabalho da polícia, atualmente o único meio mais imediato de evitar a criminalidade, (ii) aquela que se esquece que criar uma lei tornando completamente ilegal o porte de armas não vai tirar as armas das mãos de quem as usa para matar, os criminosos, notoriamente conhecidos pelos séculos e séculos como “aqueles que não cumprem as leis”, (iii) aquela pessoa que se esquece de conferir que a maioria esmagadora das armas que “caem nas mãos dos bandidos” (eu adoro essa expressão – eu imagino um cidadão de bem, armado pelas ruas, tropeçando e deixando cair sua arma, que será imediatamente recolhida pelas mãos do bandido mais próximo) na verdade são armas alimentadas pelo mercado negro de armas, em especial, do exterior, mercado esse alimentado por pessoas como , que foi preso pela Interpol depois que a Colômbia pegou alguns computadores das FARCs no Equador (lembram-se daquele incidente!?).

Vejam o resultado da incompetência intelectual:

1. as mesmas pessoas que defendem a proibição do porte de armas

2. são as pessoas que apóiam, dentre outras manifestações revolucionárias, as FARCs e/ou o Hugobugo Chaves, que apóia as FARCS (http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/03/080303_chavezcolombiafarc_af.shtml)

3. FARCs que alimentavam o cara que vendia armas no mercado negro de armas, Victor Bout, o mais notório traficante internacional de armas, fornecedor de armas para as FARC e para as guerras tribais africanas (também comunistas), inspiração, inclusive, do filme “O senhor das Armas” (http://noticias.terra.com.br/mundo/interna/0,,OI2734700-EI294,00.html)

4. mercado negro esse que alimenta a criminalidade no Brasil (ou alguém conhece algum cidadão de bem que tinha uma arma e a vendeu a um criminoso) - 7,7% das armas apreendidas pela polícia (portanto, em uso ilegal - criminoso, que é o que se quer evitar) eram legais; 92,3% eram ilegais (http://www.armaria.com.br/RelJungmann.htm)

5. criminalidade que usa as armas que esses mesmos "idiotas latino-americanos" querem eliminar do mercado

3 comentários:

D disse...

O Sexto mandamento da Lei de deus não é "não matarás"?

Bandeirantes e Pioneiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bandeirantes e Pioneiros disse...

Sim, você tem razão, temos que focar o que realmente importa nesse debate: o homem !